Busca avançada
Ano de início
Entree

Impactos da urbanizacao no sistema hidrologico - inundacoes no municipio do guaruja-sp.

Processo: 08/50825-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Regina Célia de Oliveira
Beneficiário:Ana Luisa Pereira Marçal Ribeiro
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Impermeabilização   Uso do solo   Inundações

Resumo

Dentre as conseqüências vinculadas ao processo de urbanização, a questão dos impactos ambientais nos centros urbanos emerge como um dos principais problemas atuais no globo. No território nacional como um todo, a partir da priorização da prática de uso da terra urbano industrial em detrimento do rural, ocorreu um crescimento desordenado dos núcleos urbanos, uma vez que a população migrante das regiões agrárias inchava tais centros mais rapidamente do que estes conseguiam se estruturar. Tal fenômeno não foi diferente nos centros urbanos do litoral paulista, como no município de Guarujá, cenário de análise desta pesquisa. Dentro deste contexto a questão das inundações nos centros urbanos surge como um dos principais dilemas vivenciados pelas populações, uma vez que se trata de uma ocorrência presente e constante na maioria dos grandes centros brasileiros. No município de Guarujá, localizado na região litorânea da Baixada Santista do Estado de São Paulo, esse problema ocorre de forma intensa, devido principalmente à adoção de um caráter turístico na região a partir de 1950, que reconfigurou os usos do solo na região em função do turismo balneário de segunda residência, acarretando em um uso indiscriminado do solo, com ocupações irregulares nas regiões de nascente e áreas alagadiças, bem como com o alto grau de verticalização em áreas de grande fragilidade ambiental. Através de uma abordagem sistêmica, seguindo os preceitos de Christifoletti (1974) e Tricart (1960), o presente projeto tem como objetivo estudar as áreas de suscetibilidade e ocorrência de inundações no município. Para isso, a pesquisa visa analisara distribuição do uso da terra, principalmente seu grau de urbanização, através da relação entre impermeabilização e áreas onde ocorrem inundações, além do mapeamento das áreas de fragilidade a inundação no município. (AU)