Busca avançada
Ano de início
Entree

Levantamento das principais espécies e eficácia de herbicidas no controle de plantas daninhas para a cultura da banana no Vale do Ribeira

Processo: 07/03213-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Elza Alves Corrêa
Beneficiário:Giovanna Larissa Gimenes Cotrick Gomes
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Registro. Registro , SP, Brasil
Assunto(s):Fitossociologia   Matologia   Plantas daninhas   Herbicidas   Bananicultura   Vale do Ribeira (SP)

Resumo

O objetivo do trabalho é realizar um cadastramento fitossociológico das espécies de plantas daninhas ocorrentes na cultura da banana no Vale do Ribeira, e determinar a eficácia de diferentes herbicidas associado ou não com uréia no controle destas espécies. O cadastramento da comunidade infestante será realizado a campo, no Vale do Ribeira, no município de Registro/SP. Para a amostragem das espécies daninhas presentes, a ser realizada em duas áreas distintas com dois hectares cada, será utilizado o método do quadrado inventário de 0,50 x 0,50 m. Com os resultado obtidos, serão calculadas: freqüência, freqüência relativa, densidade, densidade relativa, abundância, abundância relativa e índice de importância relativa. Após o levantamento, será realizada a aplicação de tratamentos com o herbicida glyphosate (360 gL-1) e amônio-glufosinato (200 gL-1) e uréia (0, 0,5, 1,0 e 1,5%), em pós-emergência das plantas daninhas e da cultura. O delineamento utilizado será do tipo blocos ao acaso com cinco repetições e parcelas experimentais com 2,0 m de largura por 6,0 m de comprimento. Para a realização das pulverizações será utilizado pulverizador costal com pressão de 2 kgf.cm², munido de barra com ponta de pulverização do tipo leque Teejet 110.02 e volume de calda da ordem de 180 L.ha-1. As avaliações de controle visual serão realizadas aos 7, 14, 21, 28, 48, 68, 88 e 100 dias após a aplicação dos herbicidas. Será realizado, também, o monitoramento de rebrota e período necessário para nova aplicação e a seletividade dos tratamentos à cultura da banana. Os dados de eficiência de controle, seletividade e rendimento de frutos por parcela serão submetidos à análise de variância pelo teste F e médias comparadas pelo teste “t” a 5% de probabilidade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)