Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sistemas miniaturizados, através da construção de células microfluídicas, para eletroanálise por injeção em fluxo (m-fia) visando a determinação de metais em amostras ambientais

Processo: 04/08179-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2004
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Ivano Gebhardt Rolf Gutz
Beneficiário:Daniela Daniel
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Microfluídica   Metais pesados   Voltametria de redissolução   Eletroanalítica

Resumo

O projeto está direcionado ao desenvolvimento de sistemas miniaturizados, através da construção de células microfluídicas, que possibilitem a realização de eletroanálise em fluxo. Para a construção das células será dado prioridade ao método baseado na transferência térmica de máscaras de toner, impressas a laser, sobre a superfície de CD-Rs (Compact Disc- Recordable), seguido de selagem, por termo-fusão, entre duas fatias CD-R. Técnica similar de transferência térmica de toner permite definir com antecedência os eletrodos no filme de Au pré-existente na superfície do CDs, definindo o detector (ou reator) eletroquímico. A funcionalidade das células microfluídicas, integradas aos sistemas de eletroanálise em fluxo, será avaliada através de sua aplicação à determinação quantitativa de metais em amostras ambientais, tais como Hg, Cu, Pb, Fe e As, por voltametria de redissolução anódica (anodic stripping). A fotomineralização da amostra por radiação UV, assistida pela presença de TiO2 imobilizado na superfície de Au, e a pré-concentração eletroquímica de espécies de interesse, serão investigadas e integradas ao sistema numa etapa prévia à detecção eletroquímica. Tem-se a perspectiva de que a combinação da técnica de micro-fabricação utilizada na construção das células microfluídicas junto aos procedimentos de fotodigestão, pré-concentração e detecção, resulte em sistema dedicado ao monitoramento de metais, portátil e autônomo, para ser empregado em análises de amostras ambientais in-situ. (AU)