Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dè validação da entrevista semi-estruturada "CIDI Èm comparação a Entrevista Clínica scan Èm üma amostra dè dois bairros dè São Paulo

Processo: 00/08663-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Laura Helena Silveira Guerra de Andrade Burdmann
Beneficiário:Camila Magalhães Silveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

1. Objetivo: Validar a entrevista semi-estruturada CIDI (Composite International Diagnostic Interview; Robins et al. 1988) através da comparação das freqüências dos diagnósticos psiquiátricos obtidos por esta, com aqueles resultantes da aplicação da entrevista clínica SCAN (Schedule for Clinical Assessment in Neuropsychiatry; Wing et al., 1990) em uma amostra da população da capital de São Paulo. 2. Método: a) Amostragem: A amostra consiste de indivíduos que apresentaram pelo menos um diagnóstico ao longo da vida de acordo com o CIDI e 5% dos negativos encaminhados à reavaliação clínica, através do SCAN, por psiquiatras desconhecedores da presença ou ausência dos diagnósticos. b) Análise estatística: Serão determinados os sintomas mais relevantes na formulação de categorias diagnosticas do CID-10 presentes na entrevista CIDI 1.1 e identificados os sintomas correspondentes na entrevista SCAN. Para cada categoria diagnóstica comum aos dois instrumentos ou sintomas escolhidos, será construída uma tabela 2x2 onde não serão obedecidas regras hierárquicas da classificação. A partir de então, serão determinados índices de concordância dos dois instrumentos, e ainda, a sensibilidade e especificidade do CIDI em relação ao SCAN. (AU)