Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de propriedades térmicas de concreto produzido com a cinza do bagaço da cana-de-açúcar

Processo: 09/18279-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Almir Sales
Beneficiário:Juliana Petermann Moretti
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Propriedades térmicas   Condutividade térmica   Difusividade térmica   Bagaço de cana-de-açúcar   Concreto

Resumo

A presente pesquisa em nível de Iniciação Científica insere-se num contexto mais amplo relacionado ao Projeto de Auxílio a Pesquisa em desenvolvimento e coordenado pelo orientador da presente proposta. Trata-se do Projeto intitulado "Utilização da cinza do bagaço da cana-de-açúcar na produção de artefatos para infra-estrutura urbana: caracterização do resíduo e avaliação de argamassas e concretos"- processo FAPESP número 2008/06486-4. A presente proposta de Iniciação Científica terá como foco as propriedades térmicas de concretos produzidos com a CBC e, pretende-se com o desenvolvimento experimental e teórico do tema proporcionar uma sólida formação científica neste tema à candidata. Para a aplicação de concretos produzidos com as cinzas do bagaço da cana-de-açúcar torna-se importante não só o conhecimento relativo aos valores das propriedades mecânicas como também a magnitude das propriedades térmicas, comparativamente aos valores de referência para concretos convencionais (sem adições). O objetivo da presente proposta é determinar os valores da condutividade térmica, da difusividade térmica e do calor específico para concretos produzidos com CBC. Na metodologia experimental será utilizado o método do Fio Quente Paralelo, aplicado em corpos de prova prismáticos de concretos produzidos com as cinzas do bagaço de cana com dois teores de cinza (30% e 50% em substituição a areia) e, também em corpos de prova de concreto convencional que serão utilizados como referência. O conhecimento dos valores das propriedades térmicas, principalmente a condutividade térmica e a difusividade térmica poderá balizar as aplicações em que este novo material possa ser utilizado, buscando inclusive possíveis vantagens no desempenho térmico de edificações que façam uso do concreto produzido com cinza do bagaço de cana-de-açúcar. (AU)