Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos de resistencia de algodoeiro "gossypium hirsutum l." ao acaro branco "polyphagotarsonemus latus" (banks, 1904) (acari: tarsonemidae).

Processo: 00/13942-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2001
Vigência (Término): 30 de abril de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Marineide Rosa Vieira
Beneficiário:Helder Adriano de Souza da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Antibiose   Cultivares   Biologia

Resumo

Com base nos experimentos realizados na safra 1999/2000, em campo e no laboratório, serão selecionadas as variedades para avaliação quanto à presença de algum fator de antibiose na safra 2000/2001, através do estudo da biologia comparada de P. latus. Nesse estudo, as observações biológicas serão feitas utilizando-se placas de Petri de 15 cm de diâmetro, contendo uma camada de algodão umedecido com água destilada. Cada placa receberá sete discos de folhas, com 2,5cm de diâmetro, todos da mesma variedade, retirados da primeira ou segunda folha não cotiledonar de plântulas de algodoeiro cultivadas em vasos e mantidas em telado. As fases jovens e adulta serão observadas em experimentos independentes, realizados de forma consecutiva. Para cada variedade serão utilizadas oito placas nas observações das fases jovens e quinze placas para a fase adulta, com os ácaros individualizados nos discos de folhas. As variáveis a serem observadas serão: período de incubação, duração das fases jovens, viabilidade de cada uma das fases, razão sexual, número de ácaros desaparecidos, duração dos períodos de pré-oviposição e oviposição, número diário e total de ovos, longevidade de fêmeas e número de espécimes desaparecidos. Os dados obtidos nas variedades testadas também serão usados na confecção de tabelas de vida de fertilidade. (AU)