Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da molhabilidade de vidro rico em lantânia em cerâmicas a base de zircônia para aplicação em implantes odontológicos

Processo: 08/00310-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Simone Pereira Taguchi Borges
Beneficiário:Cauê Martinez Marques Bighetti
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/04386-1 - Desenvolvimento e caracterização de pilares cerâmicos biocompatíveis à base de compósitos Zr02-Al2O3, AP.JP
Assunto(s):Zircônia   Biocerâmicas   Cerâmica (materiais cerâmicos)   Termodinâmica   Molhabilidade   Propriedades mecânicas

Resumo

As cerâmicas à base de zircônia (ZrO2) têm sido amplamente empregadas em implantes odontológicos por serem bioinerte,s apresentar boa resistência mecânica, resistência à corrosão e ao desgaste quando comparado aos metais, e pela maior tenacidade à fratura quando comparadas com outras cerâmicas. Estas propriedades estão relacionadas à sua microestrutura e aos efeitos causados pelas transformações de fases cristalinas, intrínsecas da zircônia, o que a torna muito atrativa, principalmente como material de infra-estrutura para implantes odontológicos.Atualmente o processo convencional odontológico de obtenção de cerâmica de infra-estrutura aplicado em implantes é por infiltração espontânea de um vidro em um substrato a base de zircônia. O objetivo da inserção do vidro na matriz de zircônia é melhorar ainda mais suas propriedades mecânicas e principalmente a tenacidade à fratura, pois os esforços durante a mastigação podem variar de 20 a 1000N. A composição do vidro utilizado neste trabalho é formada por vários óxidos, e por predominar a lantânia será denominado vidro LA. É proposto estudar a molhabilidade deste vidro em três tipos de substratos sinterizados: (I) ZrO2 com 3%mol de Y2O3 (denominado Z3); (II) 20 % em peso de Z3 com 80 % em peso de Al2O3; e (III) 80 % em peso Z3 com 20 % em peso de Al2O3.O processo de infiltração espontânea é fortemente dependente das interações termodinâmicas do substrato/vidro. O objetivo deste trabalho é estudar essas interações termodinâmicas como: molhabilidade (método da gota séssil), possíveis reações e transformações de fases (difração de raios X - DRX) e análises microestruturais (microscopia eletrônica de varredura-MEV/EDS). A partir dos resultados dos testes de molhabilidade serão plotados curvas de ângulo de contato versus temperatura ou tempo, que juntamente com análises microestruturais e de fases cristalinas pode-se delinear os melhores parâmetros para produzir cerâmicas de infra-estrutura aplicadas a implantes, pelo processo de infiltração espontânea, e consequentemente, superar as propriedades mecânicas e estéticas das existentes atualmente no mercado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BIGHETTI, CAUE M. M.; RIBEIRO, SEBASTIAO; BORGES, SIMONE PEREIRA T.; STRECKER, KURT; MACHADO, JOAO PAULO B.; SANTOS, CLAUDINEI. Characterization of rare earth oxide-rich glass applied to the glass-infiltration of a ceramic system. CERAMICS INTERNATIONAL, v. 40, n. 1, B, p. 1619-1625, JAN 2014. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.