Busca avançada
Ano de início
Entree

Corpo, cidade e movimento. a reinvencao da cidadania.

Processo: 07/55123-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Ana Claudia Mei Alves de Oliveira
Beneficiário:Cíntia Sanmartin Fernandes
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cidadania   Urbanidade   Sociossemiótica   Corporeidade

Resumo

Recuperar através do estudo das experiências sensíveis a idéia "da vontade de movimento" significa reconhecer que as expectativas, as volições, muitas vezes negligenciadas podem se converter em fonte explicativa de fenômenos sociais complexos, ambientes políticos dinâmicos e expressões culturais enriquecedoras para "potencializar" o advento de uma noção de cidadania mais ampla. Noção que contemple que acessar as pequenas histórias de vida; os pequenos eventos das nossas aventuras e desventuras cotidianas; e os desejos mais imediatos "faz" sociedade, faz a história de uma particular comunidade integrativa. Senão, como compreender que, apesar da pouca ou nula "integração" nos mecanismos públicos e políticos institucionalizados, seus participantes vivenciam e canalizam seus desejos em níveis comunicacionais em absoluto compatíveis com seus jogos pré-determinados? Pode-se ver que existe uma espécie de "desvelamento do ser", no qual se acessa potencialidades aí onde se pensava não existir mais que alienação. O objetivo geral deste projeto de pesquisa é realizar análise Sociossemiótica enfocando a interdependência e interinfluência da atividade corporal e da subjetividade, de modo a se escavar aquelas concepções, motivações e razões de ordem sócio-cultural, antropológica e imaginária que situam a relação indivíduo/corpo/comunidade em dimensões existenciais com relação à vida na cidade, através de rituais diversos. É descrever o conjunto de processos interativos nos quais podemos nos encontrar realmente engajados na experiência vivida todos os dias. A metodologia a ser empregada será fundamentada na fenomenologia, conforme desenvolvida por Michel Maffesoli, bem como na sociossemiótica de Eric Landowski - enraizada nos estudos semioticistas e fenomenológicos. (AU)