Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos cardiovasculares ao tratamento crônico com ácido ascórbico na hipertensão renovascular experimental

Processo: 06/59047-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Ruy Ribeiro de Campos Junior
Beneficiário:Erika Emy Nishi
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertensão renovascular   Sistema nervoso simpático   Estresse oxidativo   Angiotensina II   Vitamina C

Resumo

O sistema renina-angiotensina-aldosterona apresenta um papel importante no desenvolvimento e manutenção da hipertensão renovascular - modelo Goldblatt 2 Rins - 1 Clipe. Os níveis elevados de angiotensina II produzem efeitos vasoconstritores e estimulam a produção de espécies reativas de oxigênio, principalmente de ânion superóxido. Quando essa condição excede os mecanismos antioxidantes do organismo o estresse oxidativo é induzido e, como conseqüência, a biodisponibilidade de óxido nítrico é diminuída e a função endotelial prejudicada. Além disso, o aumento da produção de espécies reativas de oxigênio compromete a sensibilidade barorreflexa e aumenta a atividade simpática. O presente projeto pretende avaliar se o tratamento crônico com Ácido Ascórbico (Vitamina C), um potente antioxidante, produz efeitos benéficos no sistema cardiovascular em ratos com hipertensão renovascular. Os animais hipertensos, assim como os controles, serão divididos em dois grupos e esses serão tratados com duas doses diferentes de Vitamina C durante sete dias. Após esse período serão analisados a pressão arterial, a freqüência cardíaca e o registro eletrofisiológico pós-ganglionar do nervo simpático renal. Portanto, espera-se verificar se as diferentes doses administradas produzem respostas cardiovasculares distintas nos grupos estudados, bem como, se produzem efeitos no barorreflexo renal e atividade nervosa simpática renal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NISHI, ERIKA EMY; OLIVEIRA-SALES, ELIZABETH BARBOSA; BERGAMASCHI, CASSIA T.; CESAR OLIVEIRA, THAIS GALVAO; BOIM, MIRIAN A.; CAMPOS, RUY R. Chronic Antioxidant Treatment Improves Arterial Renovascular Hypertension and Oxidative Stress Markers in the Kidney in Wistar Rats. AMERICAN JOURNAL OF HYPERTENSION, v. 23, n. 5, p. 473-480, MAY 2010. Citações Web of Science: 38.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.