Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do nitrito de sódio na hipertensão experimentalmente induzida e na reatividade vascular de ratos hipertensos

Processo: 09/01144-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:JOSE EDUARDO TANUS DOS SANTOS
Beneficiário:Marcelo Freitas Montenegro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nitrito de sódio   Estresse oxidativo   Hipertensão   Reatividade cardiovascular

Resumo

Estudos recentes têm sugerido que o íon nitrito pode desempenhar um importante papel no sistema cardiovascular. Neste sentido, tem sido demonstrado que o nitrito pode ser convertido endogenamente a óxido nítrico. Além disso, estudos epidemiológicos evidenciam que dietas ricas em vegetais (importantes fontes de nitrato e nitrito) estão inversamente associadas à prevalência e incidência de doenças cardiovasculares. Entretanto, o verdadeiro papel das dietas na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares é controverso, e até hoje os efeitos de uma dieta rica em vegetais no combate a essas doenças permanecem desconhecidos. Neste projeto, objetivamos testar a hipótese que doses farmacológicas de nitrito de sódio possam reverter a hipertensão arterial experimentalmente induzida em ratos e melhorar a reatividade vascular nesses animais. Esta hipótese se baseia nas recentes evidências de que o nitrito possa ser convertido endogenamente a óxido nítrico. Para testar esta hipótese, estudaremos os efeitos do tratamento oral com nitrito de sódio na hipertensão induzida em 3 diferentes modelos de hipertensão (2rins-1clipe, L-NAME e SHR). Avaliaremos ainda se os efeitos na hipertensão serão acompanhados de melhora de reatividade vascular do trem posterior dos animais, um importante leito vascular de resistência, além dos efeitos sobre diferentes parâmetros bioquímicos relacionados à função endotelial, tais como os níveis sanguíneos, plasmáticos e teciduais de nitrito e estresse oxidativo. Os níveis de nitrito serão determinados por quimiluminescência e o estresse oxidativo será determinado pela avaliação da atividade da enzima NADPH oxidase, bem como da oxidação do dihidroetídio (DHE) na aorta dos animais. Os resultados desse projeto nos permitirão melhorar o conhecimento a respeito do papel do íon nitrito nos sistema cardiovascular, além de levantar a possibilidade do uso de doses farmacológicas de nitrito de sódio para o tratamento de hipertensão arterial.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)