Busca avançada
Ano de início
Entree

Implantação de método para determinação de cromo hexavalente em embalagens para alimentos e seus componentes, destinados ao descarte

Processo: 08/04258-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Silvia Tondella Dantas
Beneficiário:Carolina Melo Moreno
Instituição-sede: Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Embalagens   Aterros sanitários   Poluição ambiental

Resumo

Em virtude dos efeitos nocivos do cromo no seu estado de oxidação 6+ para os seres humanos, o objetivo deste trabalho é a determinação do íon em amostras de embalagens para alimento que estão sujeitas ao descarte em aterros sanitários. Alguns materiais como o alumínio e a folha-de-flandres não estão sujeitos a essa verificação, devido às etapas de fabricação destes materiais metálicos, que impossibilitam a disponibilidade do cromo hexavalente. Outros materiais devem ser verificados quanto à presença do elemento, especialmente embalagens produzidas com materiais reciclados. Processos convencionais de digestão de amostras se utilizam de ácidos concentrados para dissolução dos materiais de estudo. Ocorre que reagentes ácidos podem converter o estado de oxidação Cr(VI) a Cr(III), podendo acarretar num resultado não condizente com o real contido na embalagem. Esse trabalho propõe o uso do carbonato de sódio como solução extratora alcalina de cromo hexavalente em diversos tipos de embalagens, como as celulósicas, plásticas, metálicas e também em pigmentos, substituindo reagentes habituais de digestão de amostras e preservando-se, assim, a espécie a ser estudada. A quantificação do Cr(VI) será analisada por duas técnicas analíticas: a Espectrofotometria de absorção UV-Vis e Espectrometria de emissão ótica com plasma acoplado indutivamente (ICP-OES).