Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade inseticida de extratos de fabáceas e de formulações comerciais de origem vegetal sobre Bemisia tabaci (Genn.) Biótipo B (Hemiptera, Aleyrodidae) em tomateiro

Processo: 08/54980-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:José Djair Vendramim
Beneficiário:Cristina Jensen Vasconcelos
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Insecta   Extratos vegetais   Mosca-branca   Timbó

Resumo

O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de tomate, porém grande parte da produção é perdida devido ao ataque de Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B. Além dos danos diretos causados pela sucção da seiva das plantas, transmite viroses para a cultura, com perdas da ordem de 40 a 70% da produção. Dentre as alternativas ao controle químico, vêm sendo estudadas atualmente, várias outras técnicas, dentre as quais se inclui o uso de plantas inseticidas, que pode ser uma ferramenta importante no manejo integrado da mosca-branca. No Brasil, pesquisas envolvendo o controle da mosca-branca com o uso de plantas inseticidas são recentes, e envolvem principalmente plantas da família Meliaceae. Até o momento, porém, poucas pesquisas foram realizadas com o timbó, nome popular de um grande número de plantas brasileiras, entre elas, os gêneros Lonchocarpus, Derris e Tephrosia, que possuem rotenonas e rotenóides, principalmente em suas raízes. Outra planta ainda desconhecida é o feijão-macuco ou jacatupé Pachyrrhizus tuberosus (Lam.) Spreng, que possui rotenona em suas sementes. Neste contexto, este trabalho visa avaliar extratos aquosos de quatro plantas inseticidas da família Fabaceae (raízes de Lonchocarpus floribundus Benth., Derris urucu (Killip et Smith) Macbride, e Tephrosia Candida DC e sementes de P. tuberosus), além de algumas formulações comerciais de origem vegetal, sobre B. tabaci biótipo B em tomateiro. (AU)