Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução dos parâmetros de subjetividade e aspectos culturais regionais: análise comparativa dos indicadores clínicos do desenvolvimento infantil

Processo: 05/54770-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Ana Maria de Ulhôa Escobar
Beneficiário:Andre Laranjeira de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Subjetividade   Pediatria   Cultura (sociologia)   Desenvolvimento infantil

Resumo

A partir da teoria psicanalítica, foram desenvolvidos Indicadores Clínicos de risco para o Desenvolvimento Infantil (IRDIs) observáveis nos primeiros 18 meses de vida da criança. Esses indicadores clínicos (IRDIs) podem ser empregados pelos pediatras e por outros profissionais de saúde da atenção básica em consultas nas unidades básicas e/ou centros de saúde e podem ser úteis para detectar precocemente transtornos psíquicos do desenvolvimento infantil. Os objetivos do estudo são: 1) Verificar se os costumes e culturas regionais, expressas pela região ou cidade onde vive a criança, interferem na evolução dos indicadores clínicos de desenvolvimento psíquico infantil; 2) Estudar a avaliação dos 31 indicadores clínicos de desenvolvimento psíquico infantil, agrupados por região ou cidade; e 3) Comparar os resultados obtidos nos grupos. Os indicadores e o banco de dados utilizados serão do projeto "Pesquisa Multicêntrica de Indicadores Clínicos de Risco para o Desenvolvimento Infantil". Estes indicadores serão submetidos à análise univariada relacionando cada um dos indicadores com as cidades estudadas e com as regiões brasileiras. Os indicadores que forem estatisticamente significantes serão submetidos à análise multivariada. Será realizada análise e discussão dos resultados posteriormente. (AU)