Busca avançada
Ano de início
Entree

"da escrita do leitor à voz do escritor: estudo sobre marginálias de João Antônio"

Processo: 09/01956-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Ana Maria Domingues de Oliveira
Beneficiário:Clara Ávila Ornellas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Graciliano Ramos

Resumo

O projeto "Da escrita do leitor à voz do escritor: estudo sobre marginálias de João Antônio" tem por objetivo estudar as marginálias de três obras pertencentes à biblioteca pessoal de João Antônio, "São Bernardo", de Graciliano Ramos, "Noturno da Lapa", de Luis Martins e "O simples coronel Madureira de Marques Rebelo", com vistas a depreender nas manifestações de admiração, oposição e intervenção, particularidades da sua trajetória de leitor e escritor. O método para atingir esse propósito será uma análise segundo os estudos de Mikhail Bakhtin sobre discurso, criação literária e literatura, aliada a entrevistas do escritor paulistano. A partir do estudo das marginálias e do enfoque ao seu pensamento estético, busca-se desvelar elementos que configuraram o universo literário de João Antônio.Procura-se verificar se o leitor João Antônio, que se constrói especialmente sob o contexto privado das marcas de leitura, manifesta-se explicita ou implicitamente no espaço público ocupado pelo escritor João Antônio, através de suas entrevistas para a imprensa, ao advogar sobre os objetivos da literatura e do ofício de escrever. Esta pesquisa visa trabalhar aspectos inéditos para a fortuna crítica do autor, uma vez que sua biblioteca pessoal ainda não foi o foco central de investigações. As contribuições deste estudo serão o mapeamento de marcas de leituras de João Antônio e de elementos primordiais do seu pensamento literário com a consequente reflexão sobre as relações constitutivas entre o leitor e o escritor.

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
Realismo fervido na revolta