Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resposta ão corticosteroide N‚O modelo experimental dè disrafismo (meningomielocele) Èm fetos dè rato Spreague-Dowley

Processo: 03/00974-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2003
Vigência (Término): 30 de junho de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Lourenço Sbragia Neto
Beneficiário:Maria Weber Guimarães Barreto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Meningomielocele   Modelo experimental   Hidrocefalia

Resumo

A meningomielocele, um defeito no fechamento da porção posterior do tubo neural, durante a quarta semana de gestação, encontra-se associada a graves deficiências, dentre as quais, destaca-se, por suas repercussões clínicas e custos familiares e sociais, a presença de hidrocefalia, secundária à importante malformação de Arnold-Chiari. Diversos modelos experimentais foram desenvolvidos com o intuito de melhor compreender o processo de formação desta anomalia congênita, e buscar o tratamento que permitisse uma melhor recuperação funcional dos pacientes portadores do defeito. O modelo em fetos de rato Spreague-Dowley a ser estudado tem por objetivo avaliar as hidrocefalias e a resposta clínica da ação do corticosteróide aplicado ao líquido amniótico. Ao final do estudo, serão totalizadas 16 quadras de fetos, sendo o grupo 1 de fetos com meningomielocele, o grupo 2 de fetos controle, o grupo 3 de fetos com meningomielocele e aplicação de corticosteróide, e o grupo 4 de fetos sham. Os parâmetros clínicos serão comparados entre os grupos, realizando-se, em seguida, a análise histológica do tecido medular, em busca de evidências de lesão. Os dados coletados serão analisados estatisticamente, demonstrando-se as diferenças entre os grupos do estudo. (AU)