Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo morfológico e morfométrico das células de Leydig de testículos de ratos albinos-Wistar submetidos a ingestão prolongada de aguardente de cana-de-açúcar (pinga)

Processo: 96/00334-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 1996
Vigência (Término): 30 de abril de 1998
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:José Antonio Thomazini
Beneficiário:Alberto Eugenio de Azevedo Trapp
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Infertilidade masculina   Células intersticiais do testículo   Disfunção sexual fisiológica   Testículo   Alcoolismo

Resumo

O alcoolismo e as doenças relacionadas ao consumo compulsório e crônico de álcool, estão, entre os maiores problemas médicos e de saúde pública na sociedade contemporânea. O seu desenvolvimento, reflete uma interação complexa entre o contexto sócio-ambiental, o risco individual e a disponibilidade de álcool. Em sua forma crônica, produz variadas alterações morfológicas e funcionais, envolvendo amplos setores do organismo, entre este o sistema reprodutor. Nosso objetivo é verificar incialmente, possíveis alterações morfológicas e morfométricas ultraestruturais nas células de Leydig de ratos submetidos a alcoolização experimental prolongada e assim estabelecer provável relação entre estas alterações e ocorrência de disfunção sexual por perturbação nos mecanismos de erecção e ejaculação, mediados por hormônios sexuais masculinos, produzidos por estas células. (AU)