Busca avançada
Ano de início
Entree

Migrações locais, heterogeneidade espacial e estocasticidade ambiental em Tribolium castaneum

Processo: 06/60525-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Wesley Augusto Conde Godoy
Beneficiário:Ana Rita Rocha Romao
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Modelos matemáticos   Crescimento populacional   Dinâmica de populações

Resumo

O estudo quantitativo dos efeitos resultantes da distribuição espaço-temporal de espécies em seus habitats, tem se tornado foco de interesse de ecologistas teóricos interessados em temas associados à biologia da conservação. A estrutura metapopulacional sob a qual estão sujeitas as populações animais carece de uma descrição fundamentada nos principios da ecologia teórica, para melhor interpretação dos padrões de comportamento dinâmico e avaliação da dinâmica de persistência, sobretudo quando os sítios populacionais tem natureza heterogênea no que diz respeito ao suprimento alimentar. O objetivo central deste estudo é empregar um modelo metapopulacional com dimensão estocástica, para investigar o efeito da migração espacial sobre a persistência de populações locais de T. castaneum, com tamanhos populacionais estimados a partir de ambientes heterogêneos. Este tipo de abordagem metodológica permitirá investigar em longo prazo a dinâmica de persistência populacional de T. castaneum, a partir de estimativas demográficas de curto prazo em laboratório, considerando migração entre populações locais entre dois e três sítios populacionais. As simulações numéricas realizadas com software de manipulação algébrica permitirão uma descrição abrangente do sistema considerando a influência de fatores bióticos e abióticos. (AU)