Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de sensores biomiméticos na determinação de resíduos farmacêuticos em efluentes industriais e domésticos

Processo: 05/03537-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2006
Vigência (Término): 05 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Maria Del Pilar Taboada Sotomayor
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Eletroquímica   Sensores eletroquímicos

Resumo

Este projeto visa construir biossensores eletroquímicos cujo princípio de funcionamento está baseado na determinação de substratos enzimáticos sem a utilização do material biológico. Nestes biossensores sem enzimas, também chamados de sensores biomiméticos, o eletrodo é modificado com uma substância redox (catalisador biomimético) que imita o sítio ativo de alguma metalo-enzima. Este novo conceito apresenta uma área alternativa, mais simples e economicamente mais rentável para a construção de biossensores mais estáveis e com a mesma seletividade oferecida pelos biossensores enzimáticos convencionais. Neste projeto serão construídos sensores à base de catalisadores biomiméticos que imitem o sítio ativo da enzima citocromo P450, com a finalidade de empregá-los na determinação de resíduos farmacêuticos em efluentes industriais e domésticos. A escolha pela mimetização da P450 baseia-se na vasta informação existente na literatura sobre a química, estrutura e mecanismo desta enzima, assim como devido à variedade de reações que podem ser catalisadas por ela, abrindo a possibilidade de catálise dos mais diversos tipos de compostos, dentre eles fármacos e hormônios. Os compostos escolhidos para o desenvolvimento deste projeto são: o paracetamol e a dipirona sódica, que são analgésicos e antipiréticos de amplo uso geral; 17--estradiol; 17--etinilestradiol, 17--estradiol e valerato de estradiol, substâncias estrogênicas amplamente empregadas em tratamento hormonal; e ácido p-aminobenzóico (PABA), ácido 2-fenilbenzimidazol-5-sulfônico (PBS) e octil-dimetil PABA, que são filtros solares amplamente usados em formulações comerciais. Os compostos indicados foram escolhidos pela sua grande relevância na indústria farmacêutica, devido ao seu amplo emprego em formulações com grande demanda no mercado de consumo, gerando um volume grande de efluentes.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARIA D.P.T. SOTOMAYOR; ANDERSON SIGOLI; MARCOS R.V. LANZA; AURO A. TANAKA; LAURO T. KUBOTA. Construction and application of an electrochemical sensor for paracetamol determination based on iron tetrapyridinoporphyrazine as a biomimetic catalyst of P450 enzyme. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 19, n. 4, p. -, 2008.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.