Busca avançada
Ano de início
Entree

Conhecimento e atitudes em relação ao HIV/AIDS entre estudantes de medicina do 5º ano

Processo: 07/07895-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Ione Morita
Beneficiário:Felipe Augusto Horacio Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):AIDS

Resumo

No inicio da década de 80 foi descrita uma nova epidemia que causava a depressão do sistema imunológico de suas vítimas chamada de síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Alguns anos mais tarde o seu agente etiológico foi descrito e denominado vírus da imunodeficiência humana (HIV). Cerca de 20 anos mais tarde o vírus já contabilizava mais de 25 milhões de vitimas e outras cerca de 40 milhões já estavam infectadas. Só no Brasil já foram identificados, até 2006, cerca de 433 mil casos da doença. A transmissão do HIV ocorre através da exposição a material contaminado com o vírus. Em vista disso ressaltamos a preocupação com a formação de profissionais da saúde uma vez que esses serão os futuros responsáveis pelo controle da epidemia: tratando os pacientes já contaminados e prevenindo a contaminação de outras pessoas e deles próprios, já que estão expostos a diversas situações potencialmente infectantes durante as atividades do trabalho cotidiano. Em conseqüência da gravidade da epidemia a prevenção é a medida mais eficaz a ser assumida no intuito de impedir a progressão da doença. Para isso deve-se dar grande importância a educação em saúde que consiste em um dos instrumentos básicos para conscientizar e informar as pessoas. Assim, esse trabalho tem como intuito identificar o conhecimento e as atitudes de estudantes de medicina do 5º em relação ao HIV/AIDS e analisar possíveis deficiências e/ou qualidades no ensino para que essas ou sejam reparadas ou divulgadas, para que outras instituições possam ser beneficiadas. Para isso será realizada uma entrevista áudio-gravada com um roteiro semi-estruturado onde pretendemos identificar possíveis contribuições ao desenvolvimento do conhecimento a respeito da doença.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
IONE MORITA; MARGARETH APARECIDA SANTINI DE ALMEIDA; KARINA PAVÃO PATRÍCIO; FELIPE AUGUSTO HORÁCIO RIBEIRO. Origem do conhecimento sobre HIV/Aids: entre o pessoal e o acadêmico. Rev. bras. educ. med., v. 36, n. 2, p. 197-203, Jun. 2012.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.