Busca avançada
Ano de início
Entree

Inseguranca materializada no cotidiano: uma analise do bairro jardim morada do sol - presidente prudente/sp.

Processo: 07/55725-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Eda Maria Góes
Beneficiário:Cristina Buratto Gross Machado
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Cidades médias   Produção do espaço urbano   Representações sociais

Resumo

A busca por um entendimento da violência nas cidades contemporâneas e do seu papel na produção do espaço urbano é um desafio para os pesquisadores, tamanha complexidade e diversidade de elementos que a envolvem. Tendo em vista que é comum em nossa sociedade representar os bairros pobres da periferia como "espaços do crime e lugar de origem dos criminosos" é que optamos por estudar um bairro que possui o estigma da violência, Jardim Morada do Sol, em Presidente Prudente - SP. Consideramos relevante analisar o bairro na perspectiva do cotidiano vivenciado por seus moradores, identificando suas próprias representações sobre o bairro, seus problemas com a violência e suas relações com a cidade. Coerente com tal perspectiva, adotamos como procedimentos metodológicos a observação participante e a história oral, porém, sem desconsiderar o papel da mídia na formação dos estigmas e preconceitos criados sobre o bairro, bem como a influência dela no cotidiano dos seus moradores. Partimos do pressuposto de que a fragmentação do espaço urbano, embora fortemente embasada no discurso de defesa contra conflitos e violência, acaba impedindo o convívio entre as classes sociais distintas, provocando um individualismo crescente e fraturas sociais, gerando, portanto, mais insegurança e o aumento da violência. Desenvolvida no âmbito do GAsPERR (Grupo de Pesquisa Produção do Espaço e Redefinições Regionais), esta pesquisa se integrará a um conjunto de outras que vêm se dedicando a problematizar as inter-relações entre violência e cidade, voltadas as cidades médias, entre as quais destacamos aquelas que são financiadas pela FAPESP: "Urbanização difusa, espaço público e insegurança urbana" (Maria Encarnação B. Spósito), "Insegurança urbana e produção da cidade: mudanças desencadeadas pela presença dos novos presídios no Oeste Paulista" (Éden C. Carli), "A legislação urbanística, o condomínio e o parque em São Carlos" (Ricardo G. Lante), "Novas morfologias urbanas: a produção de condomínios fechados em Presidente Prudente - SP" (Clayton F. Dal Pozzo). (AU)