Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel de receptores dopaminérgicos D1 e D2 do núcleo accumbens na expressão da sensibilização comportamental ao etanol em camundongos

Processo: 04/14834-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Maria Lucia Oliveira de Souza Formigoni
Beneficiário:Karina Possa Abrahão
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Etanol   Receptores dopaminérgicos   Núcleo accumbens   Transtornos relacionados ao uso de álcool   Modelos animais

Resumo

A sensibilização comportamental é caracterizada por um aumento progressivo dos efeitos estimulantes das drogas de abuso. Isto parece contribuir para o estabelecimento e manutenção de processos motivacionais associados à dependência. A via dopaminérgica mesolímbica e o núcleo accumbens têm um papel importante no processo de sensibilização comportamental. O objetivo deste estudo será avaliar a resposta locomotora a agonistas e antagonistas dopaminérgicos de receptores D1 e D2, administrados diretamente no núcleo accumbens, em camundongos previamente sensibilizados e não sensibilizados ao efeito estimulante do etanol. Para isso, no primeiro experimento, camundongos receberão 5 administrações de etanol (i.p.) em dias alternados, seguidas de testes de atividade locomotora, para indução da sensibilização comportamental. De acordo com a resposta locomotora apresentada, os animais tratados com etanol serão classificados como "sensibilizados" ou "não sensibilizados", e receberão agonistas dopaminérgicos de receptores D1 e/ou D2 diretamente no núcleo accumbens, tendo sua resposta locomotora avaliada em caixas de atividade. Em um segundo experimento, outro grupo de animais, após o mesmo tratamento para indução de sensibilização ao etanol, receberá antagonistas de receptores dopaminérgicos D1 ou D2 diretamente no núcleo accumbens e simultaneamente etanol i.p., para testar se esses antagonistas reduzem ou bloqueiam a expressão da sensibilização ao etanol. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ABRAHAO, KARINA POSSA; HARTMANN QUADROS, ISABEL MARIAN; MONEZI ANDRADE, ANDRE LUIZ; OLIVEIRA SOUZA-FORMIGONI, MARIA LUCIA. Accumbal dopamine D2 receptor function is associated with individual variability in ethanol behavioral sensitization. Neuropharmacology, v. 62, n. 2, p. 882-889, FEB 2012. Citações Web of Science: 23.
ABRAHAO, KARINA POSSA; QUADROS, ISABEL MARIAN HARTMANN; OLIVEIRA SOUZA-FORMIGONI, MARIA LUCIA. Nucleus accumbens dopamine D-1 receptors regulate the expression of ethanol-induced behavioural sensitization. INTERNATIONAL JOURNAL OF NEUROPSYCHOPHARMACOLOGY, v. 14, n. 2, p. 175-185, MAR 2011. Citações Web of Science: 35.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.