Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da conectividade da paisagem na dispersão de sementes em fragmentos de Floresta Tropical Atlântica: projeto piloto

Processo: 00/14606-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2001
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Vânia Regina Pivello
Beneficiário:Regina de Azevedo Soares Alonso
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/05123-4 - Conservação da biodiversidade em paisagens fragmentadas no Planalto Atlântico de São Paulo (Brasil), AP.BTA.TEM
Assunto(s):Conservação biológica   Dispersão de sementes   Mata Atlântica   Fragmentos florestais   Conectividade (ecologia)   Corredores ecológicos

Resumo

A dispersão de sementes é etapa fundamental na dinâmica da vegetação. A chegada de propágulos e seu estabelecimento vão definir no desenvolvimento e direcionamento da comunidade vegetal. Os fragmentos naturais remanescentes podem criar um sistema de meta-populações e o grau de conectividade entre eles, através de corredores, é um dos fatores que influenciam no fluxo natural de diásporos. Ao se ter em vista a recuperação de paisagens originalmente florestadas é fundamental que se conheça a capacidade e os processos de dispersão das espécies, além da estrutura espacial da região. O objetivo deste projeto é verificar como o grau de conectividade de um fragmento a outros da matriz pode influenciar na dispersão e nos principais agentes dispersores de espécies arbóreas de florestas tropicais. Para tanto, serão comparados fragmentos isolados e fragmentos bem conectados, por meio de corredores. Serão utilizados coletores de sementes, distribuídos tanto na borda quanto no interior dos fragmentos, voltados tanto para a fonte como para o lado oposto à fonte. Espécies arbóreas (total de dez) serão enfatizadas. O projeto-piloto será conduzido para estabelecer o número de coletores de sementes, as espécies-chave de plantas e a freqüência das coletas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.