Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação morfológica e morfométrica da evolução da periodontite induzida em molares de ratos tratados com cimetidina

Processo: 10/06912-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Paulo Sergio Cerri
Beneficiário:Priscila Aparecida de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Morfometria   Cimetidina   Reabsorção óssea   Periodonto

Resumo

A periodontite é uma inflamação do periodonto em resposta à instalação de micro-organismos que promovem danos ao periodonto, podendo causar a perda do dente. Com o propósito de elucidar a complexa cascata de eventos celulares e moleculares envolvidos na instalação e evolução da doença periodontal, tem sido realizada a ligadura na região cervical de molares de ratos. Sabe-se que diversas citocinas liberadas na instalação do processo inflamatório na mucosa gengival estimulam a migração, fusão e atividade reabsortiva de osteoclastos e, consequentemente, a reabsorção do osso alveolar. Recentemente, tem sido demonstrado que a histamina, liberada em processos inflamatórios, estimula a osteoclastogênese. Além disso, tem sido sugerido que a cimetidina, antagonista competitivo de receptor H2, possa minimizar a evolução do processo inflamatório e, consequentemente, interferir no processo de reabsorção óssea. Assim, o objetivo deste estudo é investigar se a cimetidina interfere na evolução da periodontite induzida por ligadura em molares de ratos. Além disso, pretende-se verificar se a cimetidina é capaz de inibir o processo de reabsorção óssea promovido pela periodontite.Serão utilizados 40 ratos, divididos em dois grupos: Cimetidina (GC) e Controle Sham (GS). Ambos os grupos serão divididos em 2 subgrupos, sendo um constituído pelas hemi-maxilas esquerdas (com ligadura no 1º molar) e o outro constituído pelas hemi-maxilas direitas (sem ligadura). Após a colocação da ligadura, os animais do GC receberão cimetidina na concentração de 100 mg/kg de peso corporal do animal, diariamente. Os animais do GS receberão o veículo de diluição (soro fisiológico) em quantidade correspondente às doses de cimetidina. Após os períodos experimentais de 7, 15, 30 e 50 dias, os animais serão sacrificados e os fragmentos da maxila (direita e esquerda) serão removidos e, imediatamente, fixados. Os fragmentos de maxila serão fixados em formaldeído e processados para microscopia de luz. Cortes semi-seriados corados com H&E serão usados para a análise morfológica da evolução da doença periodontal, considerando-se os seguintes parâmetros: presença de células inflamatórias e extensão do processo inflamatório, organização dos feixes de fibras colágenas, presença de osteoclastos na superfície do osso alveolar, nível de reabsorção da crista óssea alveolar, forma da papila interdentária e nível de inserção do epitélio juncional. Além disso, serão realizadas as análises quantitativas: densidade numérica de células inflamatórias na mucosa gengival, mensuração da perda óssea do processo alveolar e a mensuração da retração gengival. A análise estatística será realizada utilizando-se o programa Sigma Stat 2.0 (Jandel Scientific, Sausalito, CA), com nível de significância < a 5%.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, PRISCILA APARECIDA; DE PIZZOL-JUNIOR, JOSE PAULO; LONGHINI, RENATA; SASSO-CERRI, ESTELA; CERRI, PAULO SERGIO. Cimetidine Reduces Interleukin-6, Matrix Metalloproteinases-1 and-9 Immunoexpression in the Gingival Mucosa of Rat Molars With Induced Periodontal Disease. Journal of Periodontology, v. 88, n. 1, p. 100-111, JAN 2017. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.