Busca avançada
Ano de início
Entree

A influencia da barba sobre a formacao de primeiras impressoes

Processo: 01/08401-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Comparativa
Pesquisador responsável:Emma Otta
Beneficiário:Altay Alves Lino de Souza
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diferencial semântico

Resumo

Níveis aumentados de testosterona durante a puberdade produzem maturação sexual da face masculina e desenvolvimento de caracteres sexuais secundários. A barba pode ter evoluído durante a filogênese da espécie Humana como um sinal de ameaça e de dominância, além de indicar potencial para sucesso reprodutivo. Pode ter evoluído por seleção intrasexual - competição entre machos por dominância e recursos - ou por seleção intersexual (epigâmica) - escolha pela fêmea. Em seu artigo de divulgação intitulado "The survival value of the Beard", Freedman (Psychology Today, 3, 36-39) argumenta que à barba faz com que um homem adquira status aos olhos de outros homens e que se torne atraente aos olhos de mulheres. Nosso objetivo na presente pesquisa é testar estas hipóteses. Num primeiro estudo, faces masculinas - com barba, com bigode, com cavanhaque e barbeada - serão apresentadas a 100 estudantes universitários igualmente distribuídos quanto a sexo, que deverão indicar sua impressão através de escalas de diferencial semântico quanto aos atributos beleza, extroversão, inteligência, simpatia, cultura, atratividade, responsabilidade, ideologia, agressividade, amizade e nível econômico, além de avaliar a idade do modelo. Num segundo estudo, os participantes serão profissionais da área de recursos humanos e deverão indicar entre várias faces a pessoa que escolheriam: como Chefe, como Empregado e como Colega de Trabalho. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: