Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de marcadores moleculares do tipo microssatélite para o Pintado (Pseudoplatystoma coruscans)

Processo: 02/12467-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 30 de novembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Claudio de Oliveira
Beneficiário:Luiz Henrique Garcia Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Genética populacional   Repetições de microssatélites   Genética ecológica   Piscicultura

Resumo

O conhecimento a respeito da variabilidade genética é de fundamental importância nos estudos de biologia básica e aplicada, principalmente nos programas de manutenção e exploração de estoques animais e vegetais. O estudo da variabilidade genética tem sido possível devido ao desenvolvimento de vários tipos de marcadores moleculares. Esses estudos foram iniciados com o estudo de isozímas e alcançaram um considerável progresso, nos últimos anos,' com o uso de segmentos de DNA nas técnicas de RAPD, RFLP e microssatélites. O pintado, Pseudoplatystoma coruscans, é um bagre de grande porte que tem um papel ecológico muito importante nas bacias onde ocorre pelo fato de ser uma importante espécie predadora. É uma espécie bastante apreciada na pesca comercial e esportiva e grandes esforços têm sido envidados no sentido de implementar programas de reprodução e criação da espécie em cativeiro. Considerando que os microssatélites constituem uma das mais importantes classes de marcadores moleculares utilizadas atualmente para estudos populacionais, pretende-se, com o presente projeto, obter primers flanqueadores de seqüências de microssatélites para o pintado. No futuro esses primers deverão ser de grande utilidade para a análise da variabilidade genética das populações de pintado, para estudos sobre o fluxo gênico entre essas populações e para identificação de possíveis características interessantes para a criação em cativeiro dessa espécie. (AU)