Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do envolvimento de mecanismos opióides e GABAérgicos na modulação do comportamento de defesa eliciada por estimulação elétrica e química dos corpos quadrigêmeos

Processo: 95/05085-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 1996
Vigência (Término): 31 de dezembro de 1997
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Norberto Cysne Coimbra
Beneficiário:Gustavo Cavalcanti Dutra Eichenberger
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Medo   Colículos inferiores   Mecanismos de defesa   GABA

Resumo

Muito embora já tenha sido comprovada na literatura a presença de receptores opióides localizados na substância cinzenta periaquedutal (SCP), mais precisamente nas colunas dorsais e ventrais, cuja estimulação elicia analgesia, além de processos aversivos (estes eliciados principalmente por estimulação de sítios dorso-laterais da SCP, com altas doses de morfina), ainda não está elucidado se esses processos se estendem ao substrato neural aversivo dos corpos quadrigêmeos. Também tem sido relatado que os efeitos de agonistas opióides no teto mesencefálico podem ser antagônicos, dependendo da dosagem utilizada (Cardoso e col., 1992). Em decorrência disso, tem se levantado hipóteses sobre a participação sutil de diversos subtipos de receptores opióides no tectum, durante a geração de processos aversivos. Recentes evidências obtidas em nosso laboratório têm demonstrado que, pelo menos a nível da substância cinzenta periaquedutal dorsal, antagonistas opióides parecem exercer um efeito antiaversivo (Eichenberger e col., 1994). Sabe-se também que vias GABAérgicas inibitórias se projetam ao teto mesencefálico, modulando os processos aversivos eliciados por estimulação dessa estrutura (Coimbra & Brandão, 1993). Baseando-se nessas evidências, pretendemos investigar se os efeitos antiaversivos de antagonistas opióides também se estendem ao substrato neural responsável pela geração e elaboração de respostas defensivas a nível dos corpos quadrigêmeos. Para tanto, investigaremos o efeito da aplicação periférica e central de naloxone sobre os limiares aversivos eliciados por estimulação elétrica e química das camadas profundas do colículo superior e de sítios localizados no colículo inferior. Se os efeitos do bloqueio opióide nessas estruturas mostrarem-se similares àqueles encontrados a nível da SCPd, este trabalho de investigação será estendido com o propósito de verificar o envolvimento de opióides endógenos e de mecanismos GABAérgicos na elaboração de processos aversivos em sítios localizados nos corpos quadrigêmeos, através da investigação dos efeitos de microinjeções locais de naloxone, seguidas pela realização de um bloqueio de receptores GABA-A nas camadas profundas do colículo superior ou no núcleo central do colículo inferior. (AU)