Busca avançada
Ano de início
Entree

Fabricação de filmes Langmuir-Blodgett e automontados de proteínas e outros materiais de interesse biológico

Processo: 06/50860-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Luciano Caseli
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/07927-0 - Propriedades elétricas e ópticas de filmes nanoestruturados de Langmuir-Blodgett (LB) e automontados, AP.TEM
Assunto(s):Nanotecnologia   Técnica de Langmuir-Blodgett   Técnicas biossensoriais   Técnica de automontagem

Resumo

Neste projeto serão produzidos filmes nanoestruturados de proteínas e outros materiais de interesse biológico, empregando-se as técnicas de Lagmuir-Blodgett (LB) e de automontagem por adsorção física. Proteínas tais como peroxidase de raiz forte, glucose oxidase, fitase, clorocatecol 1,2 dioxigenase, colesterol oxidase, polifenol oxidase e tiramina oxidase e peptídeos serão utilizados. Os filmes serão caracterizados com várias técnicas experimentais, incluindo espectroscopia no infravermelho, dicroísmo circular, microbalança a cristal de quartzo, espectroscopia de impedância e microscopia de força atômica, para o monitoramento da formação dos filmes e caracterização das proteínas imobilizadas, verificando-se as propriedades elétricas e ópticas que possam ser controladas em nível molecular. A motivação principal para o estudo da fabricação de filmes nanoestruturados é a possibilidade de investigar interações proteína-matriz em um ambiente altamente controlado. Embora o objetivo central seja o de estudos fundamentais sobre a formação e propriedades dos filmes de interesse biológico, também serão produzidos sensores para identificação de diversas espécies, em que será explorada a interação específica entre proteína e analito. (AU)