Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação de mucinas e quitosanas em filmes nanoestruturados

Processo: 10/11310-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Cristiane Aparecida da Silva
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Mucinas   Filmes   Nanotecnologia

Resumo

Filmes multicamadas nanoestruturados são de grande importância em nanociência e nanotecnologia, pois propriedades de interesse podem ser controladas com interações em escala nanométrica entre os materiais que o constituem. Dentre as técnicas empregadas na preparação desses filmes, as de Langmuir e de Langmuir-Blodgett apresentam vasta gama de aplicações. A utilização de materiais biopoliméricos, em conjunto com materiais biológicos, permite que propriedades específicas sejam projetadas e otimizadas, conferindo potencial de aplicação em dispositivos supramoleculares e sensores. A interação de biomoléculas com membranas celulares é essencial para a ação fisiológica dessas biomoléculas, o que pode ser investigado no nível molecular com modelos simplificados da membrana. Neste projeto, empregaremos filmes nanoestruturados de Langmuir e Langmuir-Blodgett (LB) de fosfolipídios para mimetizar a membrana celular, e estudar sua interação com mucinas e quitosanas. O problema científico central é verificar a hipótese de que a mucoadesão da quitosana é afetada por sua interação com mucina no nível molecular, o que estaria por trás da provável ação da quitosana na redução de peso em seres vivos. A interação no nível molecular será investigada com filmes de diferentes fosfolipídios, utilizando as técnicas de pressão de superfície, potencial de superfície, microscopia no ângulo de Brewster, espectroscopia no infravermelho com modulação da polarização (PM-IRRAS) e microscopia de força atômica. Também serão investigados filmes LB e automontados por adsorção física, para complementar os estudos de interação de quitosanas e mucinas. (AU)