Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao da associacao de poluentes atmosfericos com a proporcao de genero nos nascidos no municipio de sao paulo.

Processo: 04/00560-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Simone Georges El Khouri Miraglia
Beneficiário:Joabner Breda Gomes
Instituição-sede: Diretoria de Graduação. Universidade São Marcos (UNIMARCO). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fertilidade   São Paulo   Poluição atmosférica

Resumo

O município de São Paulo é o mais populoso do Brasil com 10,4 milhões de habitantes e densidade demográfica de 6896 hab/km2. No município, devido à topografia, clima e velocidade dos ventos, é freqüente a ocorrência de condições desfavoráveis à dispersão dos poluentes atmosféricos. Essas condições ambientais desfavoráveis provocam efeitos adversos na saúde da população. Alguns desses efeitos foram registrados na literatura em termos de associação com doenças respiratórias, cardiovasculares e neoplasias (Saldiva e cols., 1994; Saldiva e cols., 1995; Miraglia e cols., 1997; Pereira e cols., 1998; Conceição e cols., 2001). Entretanto, existem outros efeitos adversos promovidos na população que podem ser atribuídos à poluição do ar, dentre eles a hipótese de influenciar a determinação do sexo - em locais com concentrações de poluentes atmosféricos elevadas, há uma maior proporção da taxa de nascidos do sexo feminino (Williams e cols., 1992), e uma redução pequena na relação do sexo, masculino, foi encontrada nos centros urbanos principais (Figa-Talamanca I e cols., 2003). Este estudo visa avaliar se os níveis atuais de poluição atmosférica no município de São Paulo influenciam os parâmetros reprodutivos de humanos medidos através da relação de nascidos homens/mulheres. Mais especificamente, o projeto visa determinar se áreas com diferentes concentrações de poluentes atmosféricos determinam razões diferenciadas de nascimentos (masculino/feminino) no período de 2002 a 2003. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)