Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das condições de fermentação em frascos agitados para a obtenção de xilitol a partir de hidrolisado de palha de cevada

Processo: 06/55127-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:João Batista de Almeida e Silva
Beneficiário:Alissa Campos Correa
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Fermentação   Xilitol

Resumo

A produção da cevada para a indústria cervejeira gera uma grande quantidade de resíduos. Estes tendem a permanecer no ambiente podendo representar prejuízos financeiros e ainda causar danos ecológicos. Isto justifica o emprego de processos biotecnológicos com a finalidade de reaproveitá-los. A palha de cevada será submetida à hidrólise ácida a fim de se obter o hidrolisado hemicelulósico, rico em substrato açucarados que são importantes para o crescimento de microrganismos que geram como produtos substâncias de interesse econômico, como por exemplo, o xilitol. O xilitol, açúcar de elevado poder adoçante, tem grande importância na indústria alimentícia, odontológica e farmacêutica. Atualmente é produzido por processo químico que consiste na hidrogenação catalítica da xilose pura obtida através da hidrólise de materiais lignocelulósicos. Mas o processo de conversão química na produção de xilitol tem sido limitado devido a seu custo relativamente alto. No entanto, sua produção via microbiológica é uma alternativa promissora, uma vez que não requer uma solução de xilose de alta pureza, Para a utilização do hidrolisado como meio de cultivo deve-se concentrá-lo e tratá-lo. Neste trabalho propõe-se determinar as condições de fermentação para a bioconversão de xilose em xilitol a partir do hidrolisado hemicelulósico de palha de cevada. Para isto serão realizadas fermentações, com diferentes concentrações de nutrientes (sulfato de amônio, cloreto de cálcio e farelo de arroz), de hidrolisado e variações de pH, em frascos agitados. Após este estudo será determinado um modelo matemático por meio de metodologias estatísticas, para a otimização do processo de bioconversão de xilose em xilitol. (AU)