Busca avançada
Ano de início
Entree

Deficiencia de folato e hiperhomocisteinemia em pacientes renais cronicos tratados com dialise: implicacoes no balanco pro e antioxidante.

Processo: 98/01000-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 1998
Vigência (Término): 30 de setembro de 1999
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Helio Vannucchi
Beneficiário:Marcelo Uthida Tukiyama
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Homocisteína   Diálise renal   Radicais livres

Resumo

A deficiência de folato e o menor metabolismo renal de homocisteina (HCY) são causas importantes do acúmulo plasmático deste aminoácido sulfurado em pacientes com insuficiência renal crônica (IRC). A hiperhomocisteinemia é fator de risco para o aparecimento de aterosclerose nestes pacientes, possivelmente por ser capaz de iniciar lipoperoxidação e instalar um processo de estresse oxidativo. Este trabalho tem como objetivo testar se uma suplementação de folato capaz de normalizar índices altos de HCY seria benéfica também na inibição de processos oxidativos, provenientes de um possível desequilíbrio entre pró e antioxidantes, em pacientes com IRC tratados com diálise. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)