Busca avançada
Ano de início
Entree

Tetrafilídeos parasitas de Plesiotrygon iwamae (Myliobatoidei: Potamotrygonidae): distribuição biogeográfica e taxonomia

Processo: 04/03955-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2004
Vigência (Término): 31 de maio de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Fernando Portella de Luna Marques
Beneficiário:Natalia da Mata Luchetti
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Potamotrygonidae   Biogeografia marinha   Zoologia (classificação)   Sistemática

Resumo

Nas bacias hidrográficas sul-americanas existe um grupo particular de raias da família Potamotrygonidae. Pertencentes à subordem Myliobatoidei, predominantemente marinha, os potamotrigonídeos hoje estão representados por cerca de 20 espécies endêmicas da região Neotropical. Ingressões marinhas seguidas de eventos paleogeográficos durante o Mioceno parecem explicar a origem deste grupo bem sucedido na conquista dos sistemas fluviais neotropicais. A origem destes elasmobrânquios certamente impôs um padrão de diversificação complexo à sua fauna parasitária, fazendo deste sistema um objeto interessante para estudos evolutivos. No entanto, estes estudos dependem do conhecimento aprofundado da taxonomia destes organismos. Os dados atuais sobre a fauna parasitológica dos potamotrigonídeos são deficientes, refletindo a necessidade de refinamento taxonômico destes parasitas para uma melhor compreensão das relações evolutivas entre estes organismos e suas associações históricas com seus hospedeiros. Objetiva-se, neste projeto, a revisão taxonômica da fauna parasitária de Plesiotrygon iwamae, pois até o momento somente um exemplar desta espécie foi examinado e o único parasita conhecido para esta espécie foi descrito com base em poucos exemplares. Adicionalmente, propõe-se a utilização de técnicas não empregadas anteriormente na prática taxonômica destes helmintos com o objetivo de obter novos caracteres que possam ser úteis na sistemática destes parasitas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.