Busca avançada
Ano de início
Entree

Cianobactérias potencialmente tóxicas de represas de abastecimento público: uma abordagem taxonômica e de saúde pública

Processo: 07/57338-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Bittencourt de Oliveira
Beneficiário:Viviane Piccin dos Santos
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Cianobactérias   Reservatórios de água   Técnicas de genotipagem

Resumo

As cianobactérias apresentam importante papel, tanto ecológico quanto de Saúde Pública. Algumas delas são capazes de produzir toxinas responsáveis por intoxicações em humanos e animais. Estudos com camundongos também demonstram a capacidade destas toxinas de causar danos a vários órgãos e sistemas do organismo, além de seu potencial como promotora de tumores. No Brasil, a Portaria 518 do Ministério da Saúde, exige o monitoramento de cianobactérias e cianotoxinas tanto na água bruta do manancial usado para captação quanto na água tratada para consumo. Entretanto, a produção de toxinas por cianobactérias é uma característica genotípica e intrapopulacional e a caracterização morfológica ao microscópio de organismos produtores e não produtores é impossível. Assim, a técnica da PCR mostra-se bastante vantajosa, pois possibilita a detecção de cianobactérias potencialmente produtoras de toxinas de forma preditiva, rápida e com baixos custos. O presente projeto como objetivos: a) realizar identificação taxonômica e quantificação das cianobactérias de amostras a serem coletadas na represa Billings (SP) nos períodos seco e chuvoso; b) detectar, pelo uso da técnica de marcadores moleculares, cianobactérias potencialmente produtoras de microcistinas nestas amostras; c) isolar cianobactérias das amostras e avaliar sua toxicidade pelo uso da técnica de marcadores moleculares; d) confirmar a toxicidade das amostras ambientais por meio de cromatografia liquida de alta eficiência (HPLC). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PICCIN-SANTOS, VIVIANE; BRANDAO, MARCELO MENDES; BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO. PHYLOGENETIC STUDY OF GEITLERINEMA AND MICROCYSTIS ( CYANOBACTERIA) USING PC-IGS AND 16S-23S ITS AS MARKERS: INVESTIGATION OF HORIZONTAL GENE TRANSFER. JOURNAL OF PHYCOLOGY, v. 50, n. 4, p. 736-743, AUG 2014. Citações Web of Science: 3.
BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO; PICCIN-SANTOS, VIVIANE; GOUVEA-BARROS, SELMA. Microcystin-producing genotypes from cyanobacteria in Brazilian reservoirs. ENVIRONMENTAL TOXICOLOGY, v. 27, n. 8, p. 461-471, AUG 2012. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.