Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo entre duas colorações e dois métodos de citologia conjuntival em cães normais

Processo: 07/07273-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Cristiane dos Santos Honsho
Beneficiário:Renata Fuentes Borges
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Citologia   Teste de papanicolaou   Conjuntiva

Resumo

O exame citológico da conjuntiva constitui método valioso, de baixo custo, simples e acessível para diagnóstico e manejo de doenças oculares. Entretanto, no Brasil, ainda, é pouco empregado em medicina veterinária. A fim de disponibilizar ao clínico veterinário, alternativa de baixo custo, fácil execução e interpretação, como auxílio ao diagnóstico de desordens oftálmicas, concebeu-se cotejar duas técnicas para colheita de amostras conjuntivais e duas técnicas de coloração citológica quanto ao custo, facilidade de confecção das lâminas, seu resultado final na preservação da morfologia e evidenciação de estruturas celulares. Idealizaram-se quatro grupos experimentais, compostos por 10 cães cada: Grupo 1 - colheita das amostras conjuntivais por método de abrasão com escova no olho direito e coloração pelo panótico rápido; Grupo 2 - colheita das amostras conjuntivais por método de citologia de impressão com transferência no olho esquerdo e coloração pelo papanicolau; Grupo 3 - colheita das amostras conjuntivais por método de abrasão com escova no olho direito e coloração pelo papanicolau e Grupo 4 - colheita das amostras conjuntivais por método de citologia de impressão com transferência, no olho esquerdo e coloração pelo panótico rápido. O material colhido será distribuído, cuidadosamente, sobre lâminas de vidro para realização dos esfregaços e, posteriormente, fixados e corados com os respectivos kits de coloração. Cada grupo será avaliado quanto ao custo, tempo e facilidade de confecção das lâminas, assim como seu resultado final na observação direta por microscopia óptica, da preservação da morfologia celular, homogeneidade da coloração, presença de artefatos e intensidade da coloração, bem como evidenciação de estruturas celulares. Extensa documentação fotográfica das lâminas observadas será providenciada.