Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos receptores Nod1 e Nod2 no controle da Infecção por Leishmania (Leishmania) amoazonensis e a possível subversão dos mecanismos de defesa do hospedeiro pela proteína LàLRR17

Processo: 09/50024-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Dario Simões Zamboni
Beneficiário:Luís Henrique Franco
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/52867-4 - Reconhecimento de patógenos bacterianos por receptores intracelulares e sua importância no controle da infecção microbiana, AP.JP
Assunto(s):Leishmania mexicana   Imunidade inata   Autofagia

Resumo

A leishmaniose é a segunda causa de mortes entre as doenças parasitárias e foi considerada pela Organização Mundial de Saúde como uma das seis endemias mais importantes do mundo. A imunidade protetora contra leishmaniose está relacionada ao desenvolvimento de uma resposta imune celular mediada por linfócitos de padrão Th1 produtores de IFN- gama e à produção de óxido nítrico por macrófagos ativados. A participação de receptores de reconhecimento padrão da imunidade inata, como os receptores toll-like (TLRs; "Toll-like receptors") e os receptores da família dos nod-like (NLRs; "Nod-like receptors"), é de extrema importância para a ativação de uma resposta imune Th1 eficaz. Os receptores Nod1 e Nod2 são sensores citoplasmáticos, membros da família dos NLRs que desempenham importante papel no reconhecimento de bactérias intracelulares e ativação da resposta imune. Porém, até o momento não foi investigada a importância destes receptores no reconhecimento de L. (L.) amazonensis, nem tampouco de outros parasitas. Recentemente foi descrito no cromossoma 17 de L. (L.) amazonensis um gene que codifica a proteína LaLRR17, a qual é secretada somente pela forma amastigota para o citoplasma da célula hospedeira e apresenta grande similaridade com as proteínas Nod1, Nod2 e Nod3 humanas. Devido à alta homologia desta proteína com os receptores Nod e pelo fato desta proteína ser secretada no citoplasma de macrófagos, torna-se importante determinar o papel desta proteína na subversão dos mecanismos da imunidade inata de macrófagos e o papel dos receptores Nod-like no controle da infecção por L. (L.) amazonensis. Adicionalmente, visto que foi sugerido que receptores NLR desempenham importante papel na indução de autofagia e controle de infecções, estudaremos também o papel da autofagia na eliminação de L. (L.) amazonensis por macrófagos e a possível interferência de LaLRR17 neste processo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.