Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento físico dos genes ribosomais 18S e 5S, histona H1 e localização das sequências teloméricas em peixes do gênero Trichomycterus (Teleostei, Trichomycteridae)

Processo: 10/11364-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Fausto Foresti
Beneficiário:Maria Lígia Marques de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Genética populacional   Citogenética   Trichomycteridae

Resumo

O estudo dos peixes Neotropicais tem-se expandido consideravelmente nos últimos anos, principalmente devido à incorporação de novas técnicas de obtenção e interpretação de dados. No entanto, o relacionamento entre muitos grupos necessita ainda de um melhor esclarecimento e a aplicação das técnicas de bandeamento cromossômico, o emprego de fluorocromos base específicos, o uso da metodologia de análise filogenética e a hibridação in situ com sondas fluorescentes tem sido responsável por parte da expansão do conhecimento e compreensão dos processos evolutivos em peixes Neotropicais. Nesse sentido, o desenvolvimento de sondas específicas como as de genes ribossômicos e de histonas, constituídas por DNA de moderada repetitividade, as de DNA altamente repetitivo (DNA satélite) e o advento da microdissecção cromossômica, método que possibilita o isolamento direto de DNA de qualquer região citogeneticamente reconhecida, tem possibilitado a hibridização destes marcadores em cromossomos metafásicos através de técnica denominada FISH, possibilitando o mapeamento destes genes nos cromossomos e ampliando as perspectivas de análise e estudo nesse grupo de vertebrados. O presente projeto se insere no programa geral de estudos de Citogenética e Genética Molecular de Peixes Neotropicais em desenvolvimento no Laboratório de Biologia e Genética de Peixes (IBB/UNESP/BOTUCATU) e tem por objetivo principal a análise citogenética em nível estrutural e molecular de espécies e populações de peixes do gênero Trichomycterus que ocorrem nas bacias dos rios Paranapanema e Tietê, na região da cuesta de Botucatu. O estudo será desenvolvido com a análise de espécies e populações de T. brasiliensis e T. triguttatus que apresentam número diplóide de 2n=54 cromossomos e T. diabolus, que apresenta número diplóide igual a 2n=56 cromossomos. O trabalho se baseará na análise citogenética convencional (Giemsa, RONs, Bandamento C) e molecular, com a aplicação dos fluorocromos bases específicos CMA3 e DAPI, na localização dos genes de DNAr 18S e 5S, na distribuição cromossômica das sequências teloméricas (TTAGGG)n e na localização de clusters para a proteína Histona H1, com o objetivo mapear estes genes e sequências genômicas e identificar polimorfismos cromossômicos estruturais e/ou numéricos, como cromossomos sexuais e cromossomos B nestas espécies. Nesse sentido, o desenvolvimento do presente projeto poderá contribuir com informações para a identificação dos mecanismos ligados ao processo de diversificação desse grupo de peixes, bem como esclarecer as possíveis relações filogenéticas e evolutivas entre as espécies e populações analisadas.