Busca avançada
Ano de início
Entree

Genômica comparativa do DNA mitocondrial entre linhagens patogênicas de Candida albicans

Processo: 08/04632-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Marcelo Ribeiro da Silva Briones
Beneficiário:Patricia Wensch
Instituição-sede: Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Genoma mitocondrial   Genética microbiana   Candida albicans

Resumo

Em condições normais, o fungo Candida albicans habita como comensal na boca, intestinos e vagina, porém em situações de imunossupressão, desempenha papel de fungo oportunista. A tipagem do genoma das diferentes linhagens desse microrganismo nos permite identificar se a infecção é de origem hospitalar ou do próprio paciente, além de nos permitir discriminar os subtipos de maior virulência e de maior resistência a drogas antifúngicas. Os dados que quantificam as proporções de origem endógena versus exógena na infecção hospitalar por esse microrganismo não foram solidamente estimados pelo fato de que os marcadores moleculares empregados são de baixa resolução. Em estudos intra-específicos, é crucial que se escolham marcadores moleculares apropriados, que evoluam numa taxa suficientemente alta, permitindo a detecção de diferenças entre linhagens da mesma espécie. Neste sentido, a análise do genoma mitocondrial é uma ferramenta estratégica, pois apesar de possuir algumas regiões altamente conservadas, já foram identificados polimorfismos dentro de regiões intergênicas. Este trabalho tem como objetivo obter a seqüência completa do genoma mitocondrial da linhagem de referência ATCC 90029 e compará-la com o genoma das linhagens SC5314, L296 e L757. Espera-se que as regiões de alta variabilidade do DNA mitocondrial possam ser utilizadas como um bom marcador para rápida identificação das linhagens de C. albicans presentes em pacientes infectados.