Busca avançada
Ano de início
Entree

O anelamento como fator indutor do florescimento em lichieiras

Processo: 06/55731-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Antonio Baldo Geraldo Martins
Beneficiário:Isaac de Góes Turolla
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Frutificação   Floração   Carboidratos

Resumo

A lichieira, frutífera em expansão no estado de São Paulo, necessita de condições climáticas favoráveis para que se tenha uma boa produção, como em nossas condições estes fatores não sejam de ocorrência periódica, os pomares, frequentemente, têm produções alternantes, o que pode ser controlado desde que se usem técnicas de manejo como por exemplo anelamento de ramos. Esta técnica interrompe o fluxo do floêma, responsável pela distribuição dos assimilados das fontes para os drenos, favorecendo sua distribuição nos tecidos dos ramos, resultando em melhoramento do florescimento. Encontram-se, na literatura mundial, citações de que o florescimento e frutificação são fatores resultantes do aumento de açúcares nos ramos, o que pode ser conseguido com a técnica do anelamento. Diante do exposto, propôs-se o presente trabalho, no qual será avaliado o efeito do anelamento de ramos no florescimento e frutificação em três variedades de lichia: Bengal, Brewster e Mauritius. (AU)