Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das relações entre a inibição da atividade de colinesterase e efeitos em níveis mais altos de organização biológica em Chironomus xanthus (Chironomidae, Diptera) expostas ao paration..

Processo: 06/04392-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2006
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Liane Biehl Printes
Beneficiário:Gisela Natacha Cazela
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Biomarcadores   Metais

Resumo

A utilização de biomarcadores bioquímicos como ferramentas de avaliação ambiental tem demonstrado potencialidade em estudos recentes. Dentre estes biomarcadores, a inibição da atividade de colinesterase, causada por pesticidas organofosforados, carbamatos e metais, constitui resposta de reconhecida importância para a detecção da presença destes contaminantes no ambiente. Entretanto, em especial em se tratando de invertebrados aquáticos, para que se possa fazer uso desta ferramenta como um instrumento de avaliação em programas de análise ambiental ainda se faz necessário o estabelecimento de relações entre esta resposta e efeitos tóxicos em níveis mais altos de organização biológica. Desta forma, esta pesquisa tem por objetivo avaliar as relações entre inibição de colinesterase em larvas de Chironomus xanthus expostos ao organofosforado paration e ao metal não essencial cádmio (isoladamente e em combinação) e efeitos tóxicos em nível de indivíduo (sobrevivência, peso seco e emergência de adultos). Sendo assim, esta pesquisa irá contribuir em sentido amplo ao “estado da arte” do uso dos biomarcadores em análises ambientais. Além disso, os resultados a serem obtidos irão contribuir diretamente com o desenvolvimento da ecotoxicologia no Brasil por envolver uma espécie nativa, adaptada as condições tropicais.