Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de viabilidade da utilização de novo modelo de prótese modular diafisária femoral em cão

Processo: 02/10853-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Cassio Ricardo Auada Ferrigno
Beneficiário:Carolina Saraiva Filippos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cães   Fêmur de animal   Hidroxiapatita   Próteses e implantes   Titânio

Resumo

A utilização de próteses ósseas em cães sofreu grande avanço após a descoberta e o emprego de polimetilmetacrilato, que permite a fixação das próteses ao osso de maneira firme e segura. Em Medicina Veterinária, a maioria das próteses é utilizada para substituir parcialmente as articulações femorais, sendo estas pouco exploradas em outras regiões anatômicas. A viabilidade da utilização de próteses modulares cimentadas em diáfises de fêmur em cães foi demonstrada por VIROLAINEN et al. (1999). O presente trabalho tem como objetivo investigar a possibilidade de utilização de modelo inédito de prótese tubular de titânio e hidroxiapatita na substituição de parte de diáfise femoral de cão, que terá sua utilização no reparo de fraturas cominativas com grande perda óssea, assim como nos casos de tumores ósseo. Para tanto serão utilizados quatro cães acima de 15 quilos de peso, que terão a maior parte da diáfise do fêmur substituída por próteses tubular de titânio. Como parâmetros, serão avaliados a evolução clínica dos animais e o comportamento dos fenômenos de osteointegração entre o osso e a prótese por exames radiográficos simples e tomografia computadorizada aos 30 e 90, 180 dias de pós-operatório. (AU)