Busca avançada
Ano de início
Entree

Refrigeração por Energia Fotovoltáica para utilização em comunidades isoladas

Processo: 07/08434-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Energização Rural
Pesquisador responsável:Roberto Zilles
Beneficiário:Carlos Eduardo Driemeier
Instituição-sede: Instituto de Eletrotécnica e Energia (IEE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas fotovoltaicos   Energia solar

Resumo

Prover serviços básicos de energia para comunidades isoladas brasileiras é um grande desafio, pois seu isolamento geográfico impõe significativos custos logísticos para o suprimento de combustíveis, além de inviabilizar a extensão de redes elétricas convencionais. Dentre as necessidades energéticas das comunidades, destaca-se a de refrigeração para conservação de alimentos e, em particular, de pescado produzido por muitas delas. Em regiões remotas, a energia solar fotovoltaica é uma alternativa atraente que usa um recurso universalmente acessível - a luz do sol - e torna as comunidades energeticamente independentes. Porém, a energia solar é intermitente, o que é usualmente resolvido com acumulação de energia por baterias eletroquímicas, cujas manutenções e trocas periódicas são o principal custo de operação de sistemas fotovoltaicos. Para refrigeração, no entanto, é possível utilizar inércia térmica (fazer gelo, por exemplo) para minimizar, ou eliminar, a necessidade de acumulação eletroquímica. Aqui se propõe projetar, construir e caracterizar um sistema de refrigeração alimentado por energia fotovoltaica adaptado à realidade de comunidades isoladas brasileiras. A otimização do sistema fará uso da inerente inércia térmica de sistemas de refrigeração para fazer frente à intermitência da fonte solar. Neste trabalho, levar-se-á em conta não apenas os aspectos técnicos da integração de módulos fotovoltaicos com equipamentos de refrigeração, mas também os aspectos econômicos e sociais das comunidades alvo. Além disso, o sistema proposto terá o máximo de componentes de fabricação nacional, visando facilitar sua manutenção nas localidades remotas.