Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise das respostas obtidas da aplicação da berg balance scale (bbs) em idosos

Processo: 07/05443-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Carlos Kazuo Taguchi
Beneficiário:Karina Harumi Tanimoto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Queda   Idosos   Qualidade de vida

Resumo

As alterações do equilíbrio, que têm como principal complicação a queda, são conhecidas como fonte de morbidade e mortalidade, em pessoas com idade superior a sessenta anos. Deve-se enfatizar que o equilíbrio é decorrente de informações vindas do sistema vestibular, sistema visual e de informações proprioceptivas (Kerber et al. 1998; Ganança et al. 2000). Para Cordeiro (2001).Uma das possibilidades do estudo do equilíbrio funcional é a utilização da Berg Balance Scale (BBS) desenvolvida e validada por Berg et al. (1992).Espera-se encontrar, com o presente estudo, uma alta prevalência de tendência à quedas na população de idosos asilados. Frente ao exposto, os objetivos desse trabalho serão analisar os resultados obtidos a partir da aplicação da BBS em idosos do ambulatório do Hospital Geriátrico e de Convalescentes D. Pedro II, e verificar as interferências gênero e idade sobre o equilíbrio funcional.A BBS, versão adaptada por Miyamoto (2003), será aplicada a 30 pacientes por meio de uma única avaliação. As tarefas serão apresentadas sempre pelo mesmo examinador e para a análise dos resultados, cada paciente será avaliado por três observadores cegos presentes durante a aplicação da BBS.O critério de inclusão será ter mais de 65 anos de idade, e os critérios de exclusão são: pacientes impossibilitados de permanecer em pé independentemente; pacientes portadores de próteses nos membros inferiores e pacientes com amputação nos membros inferiores. A análise estatística será realizada por meio da aplicação do teste de Kolmogorov-Smirnov; o teste de Kruskal-Wallis será uma alternativa para o teste de variância (ANOVA). Para a seleção final da pontuação que será dada aos pacientes por meio dos observadores nas tarefas que serão aplicadas, adotaremos a moda para todos os escores obtidos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)