Busca avançada
Ano de início
Entree

Antioxidante (vitamina e): uma alternativa para diminuir os danos reprodutivos, causados pela hiperglicemia, em ratos machos adultos?

Processo: 06/53915-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia
Pesquisador responsável:Wilma de Grava Kempinas
Beneficiário:Thaiane Amanda de Assumpção
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Ratos   Diabetes mellitus   Estresse oxidativo   Antioxidantes

Resumo

O Diabetes mellitus é uma doença crônica caracterizada pela ausência ou ineficiência na secreção de insulina que leva a um quadro clínico hiperglicêmico. Em ratos machos adultos hiperglicêmicos induzidos quimicamente foram encontrados alterações reprodutivas como diminuição do peso dos órgãos acessórios, oligospermia, redução da fertilidade, diminuição dos níveis de gonadotrofinas e testosterona plasmática e disfunção sexual. Acredita-se que um dos fatores que contribuem para essas e outras conseqüências do diabete seja o aumento do estresse oxidativo, causado pelo aumento de espécies reativas derivadas do metabolismo do oxigênio e pela diminuição ou inadequação do sistema antioxidante do organismo. A vitamina E é conhecida como um poderoso antioxidante biológico não-enzimático. Estudos mostram que ela tem um importante papel protetor contra os efeitos das ERMO, inibindo processos lesivos às membranas causados, em parte, por radicais livres. Portanto, a indicação de que a vitamina E está associada à prevenção contra o estresse oxidativo causado por doenças crônicas, como o diabete, tem levantado discussões quanto à necessidade de uma ingestão continua de altas doses desta vitamina, mostrando seu papel protetor. O propósito desse projeto é avaliar se o tratamento com a vitamina E pode diminuir os danos causados pela hiperglicemia no sistema reprodutor de ratos machos adultos. Para isso, serão avaliados parâmetros espermáticos, níveis hormonais e os marcadores do estresse oxidativo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)