Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de detecção de raios X de baixas energias para o tokamak TCABR

Processo: 00/09336-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2000
Vigência (Término): 30 de junho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Alvaro Vannucci
Beneficiário:Fernanda de Sá Teixeira
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fusão nuclear   Raios X   Tokamaks

Resumo

Duas câmaras de detecção de raios X de baixas energias estão sendo construídas e deverão ser instaladas junto ao tokamak TCABR do Instituto de Física da USP. Em cada câmara será instalado um conjunto de 36 detectores tipo fotodiodos, da empresa japonesa Hamamatsu, sendo que cada detector deverá visualizar uma região especifica da coluna de plasma. Este sistema de diagnóstico será utilizado para investigar as instabilidades MHD da coluna de plasma e, também, para monitorar as pastilhas de impureza ("pellets") que serão injetadas no tokamak TCABR. A interação do plasma com pastilhas de impureza (boro, carbono, alumínio, tungstênio, etc.) provoca um aumento local e súbito da concentração de íons de impurezas, acarretando uma forte dissipação da energia e podendo, muitas vezes, alterar o equilíbrio e a estabilidade da coluna de plasma. O presente projeto de pesquisa visa a construção do sistema de pré-amplificação de sinais eletrônicos dos detectores, a instalação das duas câmaras de raios X e, finalmente, utilizá-las para a obtenção de dados experimentais preliminares conjuntamente com o sistema de injeção de "pellets". (AU)