Busca avançada
Ano de início
Entree

Nucleação da Matéria de Vórtices - estudo global e local através de magnetometria, micro-sensoreamento Hall e imagens de magneto-ótica

Processo: 08/00090-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Wilson Aires Ortiz
Beneficiário:Fabiano Colauto
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/08072-0 - Pesquisa fundamental em supercondutividade e magnetismo - sistemas com potencial para aplicações: óxidos avançados e supercondutores dotados de estruturas artificiais, AP.TEM
Assunto(s):Supercondutividade   Magnetometria

Resumo

Supercondutores do tipo II permitem que o fluxo magnético penetre em seu interior. À primeira vista, isso pode parecer prejudicial à manutenção da supercondutividade, entretanto, é esta convivência de supercondutividade com magnetismo, ou seja, o estado misto, que possibilita a aplicação destes materiais. Entretanto, há um problema inerente a esses supercondutores: o movimento dos vórtices. Qualquer alteração no campo aplicado, no transporte de corrente ou na temperatura, é acompanhada por uma redistribuição do fluxo no supercondutor para acomodar a nova situação. Neste contexto, o movimento dos vórtices pode ocorrer de forma abrupta ou suave. Quando o fluxo penetra de forma suave e homogênea, a descrição do perfil do campo no interior do supercondutor pode ser feita por um modelo de estado crítico. Entretanto, em alguns casos o perfil de penetração destoa completamente deste cenário e o movimento de vórtices ocorre em forma de avalanches, chamadas flux jumps. Propomos um estudo da dinâmica de vórtices em diversos sistemas supercondutores através das técnicas: magnetometria, imagens por magneto-ótica e micro-sensoreamento Hall. Além do estudo proposto, está previsto o desenvolvimento de uma instrumentação associada ao sistema de magneto-ótica, que se pretende implantar no grupo de pesquisas, cujos recursos foram pleiteados em um Projeto Temático (Processo: 07/08072-0) ao qual esta proposta está vinculada. A técnica é inédita no Brasil, e terá um diferencial em relação ao que hoje existe em outros grupos: obter imagens superpondo um campo alternado ao campo magnético contínuo.