Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação da frequência, velocidade e comprimento dos pistões de vapor durante o escoamento segundo bolhas alongadas no interior de micro-canais

Processo: 10/02179-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Fenômenos de Transportes
Pesquisador responsável:Gherhardt Ribatski
Beneficiário:Alan Carvalho Oliveira
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/60031-0 - Estudo teórico-experimental da ebulição convectiva de refrigerantes halogenados no interior de micro-canais, AP.JP
Assunto(s):Transferência de calor   Equilíbrio líquido-vapor   Ebulição convectiva   Escoamento bifásico   Microfluídica

Resumo

Esta proposta de pesquisa de Iniciação Científica trata da aplicação de um método para a caracterização do escoamento segundo bolhas alongadas durante a ebulição convectiva no interior de canais de diâmetros reduzidos (< 3 mm) denominados neste texto por micro-canais. Este método, desenvolvido pelos alunos de IC Alexandre A. Arcanjo e Juliano O. de Freitas (processos FAPESP no 08/10138-1 e 08/10137-5) permite determinar a freqüência, a velocidade e o comprimento dos pistões de vapor durante o escoamento segundo bolhas alongadas no interior de micro-canais. Esta proposta de pesquisa está inserida em um projeto modalidade Jovem Pesquisador (Proc. FAPESP no 05/60031-0) que envolve um estudo amplo da ebulição convectiva no interior de micro-canais e será desenvolvida paralelamente a um doutoramento e a um mestrado (Processos FAPESP no 07/53950-5 e 08/56930-8) cujos objetivos são o levantamento experimental e o modelamento da perda de carga, do coeficiente de transferência de calor e do fluxo crítico em micro-canais segundo o padrão de escoamento. A pesquisa proposta foi considerada na apresentação inicial do projeto JP e será desenvolvida em bancada já operacional existente no laboratório. (AU)