Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da estrutura das assembléias fitoplanctônicas no gradiente longitudinal montante-jusante do reservatório de Itaipu, rio Paraná (Brasil/Paraguai)

Processo: 09/14687-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Marcos Gomes Nogueira
Beneficiário:Patricia Matsuura
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Limnologia   Reservatórios   Fitoplâncton

Resumo

O fitoplâncton de água doce, responsável por parte significativa da produção primária de rios e lagos, é de grande importância por disponibilizar matéria e energia aos demais níveis tróficos. Nas últimas décadas, a construção de represas para diversas finalidades (e.g. geração de energia elétrica), promoveu modificações não somente nas características físicas e químicas dos rios, como também nas biocenoses destes ecossistemas. Assim, são necessárias pesquisas que ampliem o conhecimento básico e subsidiem ações prioritárias de conservação e manejo. Considerando o fato de ambientes lóticos serem relativamente pouco estudados, assim como a interação rio-represa, esse projeto visa analisar a distribuição longitudinal do fitoplâncton no trecho compreendido entre a região da barragem e jusante do reservatório de Itaipu. Para isso, em dois períodos do ano, verão e inverno, serão analisadas 9 estações de amostragem: uma em ambiente lêntico (montante da barragem de Itaipu), seis no rio Paraná (a cada 5km), uma na foz rio do Monday (tributário da margem direita, Paraguai) e outra na foz do rio Iguaçu (tributário da margem esquerda, Brasil/Argentina). Os parâmetros físicos e químicos da água medidos serão: transparência, temperatura, velocidade, pH, oxigênio dissolvido, condutividade elétrica, turbidez, material em suspensão (frações orgânicas e inorgânicas), nitrogênio total, fósforo total e silicato, além dos parâmetros abióticos será determinada também a biomassa fitoplanctônica (clorofila a). As amostras de fitoplâncton serão obtidas para análises qualitativas (arrastos com rede de 20 µm) e quantitativas (água bruta). Atributos ecológicos como composição, riqueza de espécies, abundância total e relativa, diversidade, equitabilidade e sua relação com as variáveis limnológicas serão determinados.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MATSUURA, PATRICIA; PERBICHE-NEVES, GILMAR; FERREIRA, ROSA A. R.; NOGUEIRA, MARCOS G. Changes in the phytoplankton structure downstream a large reservoir: effects of tributaries on the assemblages attributes. BIOLOGIA, v. 70, n. 3, p. 320-327, MAR 2015. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.