Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de índices de confiabilidade de pontes de madeira pelo Método dos Estados Limites

Processo: 02/02862-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2002
Vigência (Término): 20 de junho de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Estruturas
Pesquisador responsável:Carlito Calil Junior
Beneficiário:Mariano Martinez Espinosa
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/12583-1 - Programa emergencial das pontes de madeira para o estado de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Pontes   Madeira de reflorestamento

Resumo

A confiabilidade é um dos critérios fundamentais que deve ser considerado em qualquer desenvolvimento de sistemas. Entretanto, atualmente no Brasil, ainda não é considerada a avaliação da confiabilidade em projetos e construções de sistemas estruturais em especial de pontes de madeira. Portanto, para estabelecer a confiabilidade destes sistemas, é necessário encontrar uma maneira de medi-la. No desenvolvimento dos diferentes tipos de sistemas estruturais de pontes de madeira, para estimar a confiabilidade em geral se utilizam índices de confiabilidade, baseados na carga e resistência, considerando o método dos estados limites. A determinação dos índices de confiabilidade é realizado com o uso de modelos estatísticos que representem o comportamento destas estruturas em serviço em função dos sistemas estruturais mais utilizados na prática. Esta determinação é fundamental, pois estes valores refletem na avaliação das conseqüências da falha estrutural. Esta pesquisa tem por finalidade a determinação destes índices, para alguns sistemas de pontes de madeira, para o projeto e construção de pontes, mais seguras a um menor custo com maior durabilidade. Esta pesquisa está vinculada ao Projeto Temático: Programa Emergencial das Pontes de Madeira para o Estado de São Paulo (Processo FAPESP nº 99/12583-1) em desenvolvimento na Escola de Engenharia de São Carlos - USP. (AU)