Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo químico do extrato etanólico de Senna spectabilis(Fabaceae)

Processo: 08/06291-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Beneficiário:Luciene Ruiz Baccini
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/02176-7 - Conservação e uso sustentável da diversidade do Cerrado e da Mata Atlântica: diversidade química e prospecção de medicamentos potenciais - fase II, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Produtos naturais   Fitoquímica

Resumo

O uso de plantas medicinais é uma prática constante e disseminada pelo conhecimento popular; sua credibilidade se deve a muitos anos de experimentação empírica, envolvendo a miscigenação dos conhecimentos europeus, indígenas e africanos. Contudo, o estudo fitoquímico, bem elaborado e desenvolvido, com plantas cuja ação farmacológica ainda não foi confirmada, se faz necessário para a comprovação da sua eficácia. Nesse contexto o NuBBE vem a dez anos desenvolvendo pesquisas de bioprospecção da flora paulista. Inserido dentro do programa Biota-FAPESP, O projeto "Conservação e uso sustentável da diversidade vegetal do Cerrado e Mata Atlântica: Diversidade química e prospecção de fármacos potenciais" (Processo no 03/02176-7) prioriza o estudo químico de várias espécies de interesse biológico. De Senna spectabilis foram isolados vários alcalóides piperidínicos bioativos, dos quais a (-)-espectalina foi escolhida como molécula protótipo para estudos de relação estrutura-atividade. Análogos semi-sintéticos foram obtidos e submetidos a ensaios farmacológicos para avaliação da atividade analgésica periférica, antiinflamatória e inibidora de acetilcolinesterase. A constatação das atividades mencionadas, aliadas ao padrão molecular destes alcalóides, confirmam a importância de investimentos adicionais no que se refere ao estudo do extrato etanólico dos frutos, uma vez que a espécie apresenta uma grande diversidade metabólica nos diferentes orgãos da planta.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.