Busca avançada
Ano de início
Entree

Teorias de Yang-Mills e generalizações

Processo: 05/03071-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 01 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Geral
Pesquisador responsável:Ruben Aldrovandi
Beneficiário:Roldão da Rocha Junior
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Energia escura   Constante cosmológica   Equações de campo de Einstein   Espaço de Minkowski   Equações de Yang-Mills

Resumo

Dados recentes da Cosmologia observacional, interpretados no quadro da Relatividade Geral mostram um valor significativo para a constante cosmológica. Com um termo cosmológico não nulo, o espaço-tempo de Minkowski (ETM) não é maissolução das equações de Einstein, cujas soluções fixam os espaço-tempos possíveis. O ETM deve então ser substituído por um espaço-tempo de de Sitter, sendo conseqüência de duas possibilidades disjuntas: ou a Relatividade Geral falha em grandes escalas, ou a própria cinemática local,base de toda a Física atual, deve ser modificada em um contexto mais abrangente. Há dois tipos de teoria descrevendo as interações fundamentais da Natureza, já que a Relatividade Geral faz da gravitação um campo muito diferente dos demais, descritos por Teorias de Calibre. Apesar dos muitos sucessos, as teorias atuais têm problemas graves, como por exemplo o problema da matéria e energia escuras, predição do bóson de Higgs até hoje não encontrado, o problema do confinamento, e portanto nenhuma dessas teorias, embora relativamente bem sucedidas, é completamente satisfatória. O objetivo central do projeto é a detalhada investigação das Teorias de Calibre (TCls) para a gravitação, com vistas a uma formulação mais geral. Além da investigação acerca das TCls sobre os espaço-tempos de de Sitter e anti-de Sitter, visando a uma melhor compreensão do significado dos dados cosmológicos, propomos algumas alternativas no sentido de se estudar a gravitação como uma TCl em um fibrado principal onde a fibra é o grupo de (anti-)de Sitter e, posteriormente, a obtenção da quantização dessa teoria. Algumas generalizações das TCls, em particular uma descrição geometricamente rica como o formalismo dos fibrados de Clifford e de spin-Clifford sobre variedades de Riemann-Cartan,onde o último consiste no fibrado dos referenciais espinoriais com variedade de base o espaço-tempode Minkowski, que nos permite apresentar agravidade como um campo de calibre, servirá de interface privilegiada. A quantização dos modelos obtidos será obtida. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.